30/05/2013 16:01

Ministro das Finanças falou aos produtores e empresários em Santa Rita.

O ministro das Finanças, Manuel Ferreira Brusquetti, fez uma exibição magistral no local do CTG - Índio Jose, como parte dos atos comemorativos da Expo Santa Rita 2013. O evento, organizado pelo Banco Itaú e ADM, ele atuou como Secretário de Estado para apresentar as políticas públicas e planos de desenvolvimento econômico social e ambiental, bem como para reduzir a volatilidade da nossa economia.

Durante sua apresentação, disse que este ano o crescimento é esperado em um 13% do PIB, um dos índices mais altos do mundo. Sobre este ponto, pediu a diversificação da produção, o investimento em irrigação, na silvicultura, na produção de frutas para este crescimento não vacilar. Ele pediu aos empresários e produtores a fazer uso da energia elétrica é abundante e limpa.

Ele lembrou que, no sector da eletricidade o Alto Paraná, Canindeyú já tem dólares invertidos em 104 milhões em diversas subestações, linhas e linhas de energia, e que, até 2015, de acordo com estimativas, o Paraguai é o país com a maior parte deste excedente de energia.

O ministro de economia era contra tributar as exportações de grãos, explicando que isso vai desestimular a produção. "É por isso que, pela primeira vez um ministro, ao propor uma lei para cobrar uma exportação de soja retentora deixa contra isso. É difícil financiar um ministro que não quer aumentar os impostos", afirmou.

Em seu discurso, ele também mencionou que agora é a hora de aproveitar a nossos jovens acaso chamados "dividendo demográfico", caso contrário, estamos condenados a ser pobres para o resto da história.

Não se esqueça de que no dia 17 janeiro  o Paraguai fez sua primeira transmissão na história de títulos soberanos nos mercados financeiros internacionais. O bônus veio com a menor taxa de 4,628 como taxa, o que está permitindo a que os investidores estrangeiros colocar os olhos em nosso país. "Você tem que usá-lo como indivíduos, e privados, tem que fazer uso desse capital", ele insistiu.

http://www.prensacooperativa.com/interna.php?id=1039#.Uaea29JgerM

Comentários